23 de mai de 2010

Ser X Não ser

Reli reflete sobre o que ser ou não ser. Reli percebia sua vida tomando um rumo deveras introspectivo. Confortável. Seguro. Mas também se percebia sem muitas aberturas, aventuras, emoções. Se fechando em si mesma. E resolveu fazer movimento em direção a certa modificação. Seu tempo no casulo já estava por terminar. E dentro desse novo caminho repreendeu-se resolveu voltar pra seu conforto. Mas já era um pouco tarde e Reli também não fez tanta força assim no sentido de fugir de seu novo destino. E a bolinha de neve planejada começou a seguir seu caminho. E Reli vem refletindo como sente que essa nova estrada não tem a ver com a pessoa que estava cultivando e sim com a persona que sempre fantasiou querer ser. Mas Reli nunca conseguiu se sentir bem sendo tal persona. Não tinha peito pra bancar tamanha demanda. E nesse momento Reli quer ser a pessoa introspectiva e quer ser a persona. Eis que surge o impasse. O que Reli vem tentando fazer é ser os dois, mas percebe que muitas vezes ultrapassa seus limites de um lado e do outro. E fica um tanto quanto perdida se perguntando quem se é. A nova vida trás possibilidades mais concretas e voltadas para o exterior, a outra, vem com possibilidades de interiorização e crescimento advindo disso. As duas trazem engrandecimento. E Reli tentará chegar a um meio termo com essas duas formas de viver e quais mais vierem. Está decidido. Por hora. A questão está em não ficar doente por se sentir sem energia ao extrapolar no lado que leva mais ao exterior de seu ser. Onde vive essa linha tênue que divide esse limite? Nova vida. Novos abismos. Portas abertas a misteriosas vivências entremeadas por tensões e inseguranças. Isso é dar a cara a tapa, isso é estar viva, Reflete Reli.

Um comentário:

  1. Esta foi D+++...primeiro comentário que faço oficialmente. Parabéns pela coragem e capacidade de transmitir de forma transparente a própria dualidade...refletindo muito bem, hein Brima!!! Sem escapatórias ou escapulidas...vai, que vc consegue andar na corda bamba, tem só que estar disposta genuinamente a pagar tal preço...Ser & Não Ser tudojuntoaquiagora é bem difícil, mas vale a pena.Namastê, querida!

    ResponderExcluir